10 perguntas e respostas importantes relacionadas ao cabelo que podem surpreender você

10 perguntas e respostas importantes relacionadas ao cabelo que podem surpreender você

Quando se trata de beleza, frequentemente temos curiosidade sobre literalmente tudo. Às vezes nos comportamos como uma criança que faz muitas perguntas: o quê, como e por quê... e é aí que começa as informações de todas as variações possíveis sobre nutrição, cortes de cabelo, cuidados e toda essa coisa. Obviamente, é uma boa prática descobrir o máximo sobre nossos cabelos, pele e unhas, porque isso significa que estamos fazendo o possível para fornecer o que eles precisam.

Certamente, você também é um ser curioso e gostaria de saber tudo sobre cuidados com os cabelos. Ainda existem perguntas que ainda não foram respondidas? Descubra se você já lidou com as questões abaixo - as explicações podem genuinamente surpreendêr você. Aqui estão respostas não tão óbvias para perguntas bastante óbvias. Não saber é como não saber nada sobre cuidados com os cabelos. Aproveite!

10 perguntas e respostas importantes relacionadas ao cabelo que podem surpreender você

1. Maníacos por cabelo tendem a usar shampoos de bebês. Os adultos devem procurar cosméticos infantis?

Acredita-se que os shampoos para bebês são excepcionalmente suaves, então eles cuidam do couro cabeludo e não possuem substâncias irritantes (sintéticos, parabenos e SLS). Além disso, procuramos shampoos para bebês quando acidentalmente sobrecarregamos o cabelo ou o couro cabeludo. É verdade que os shampoos infantis têm ação delicada, limpam com suavidade e tratam melhor os cabelos que precisam de atenção especial.

No entanto, esses delicados cosméticos infantis têm seu lado ruim e, infelizmente, e possuem defeitos. O problema é que a sua composição apresenta vestígios de substâncias nutritivas, pode favorecer o emaranhado e, além disso, não limpa o cabelo o suficiente. Portanto, se você deseja um cuidado capilar suave, limite os produtos comedogênicos e pesados para modelar o cabelo. Além disso, tente usar um shampoo mais forte com características altamente limpantes uma vez por semana. Outra boa solução é aplicar peeling no couro cabeludo e combiná-lo com tratamento capilar com óleo. Afinal, os óleos naturais deixam o couro cabeludo perfeitamente limpo e reequilibrado.

2. É Possível Reparar Pontas Duplas?

Ao fazer compras, você costuma encontrar escrito em produtos coisas como 'repara pontas duplas', mas é um exemplo clássico de conversa de vendas. Infelizmente, pontas duplas não podem ser consertadas. Não há nenhum adesivo maravilhoso que una as pontas duplas. A única coisa que se pode fazer nesta situação é aparar os cabelos ou continuar a protegê-los diariamente com a aplicação de um óleo natural ou aplicar um sérum especial para combater as pontas espigadas. Graças a isso, o cabelo ganha proteção e não vai se deteriorar excessivamente. Em bom português, você pode evitar pontas duplas, pará-las ou desacelerá-las, mas não pode reverter o irreversível. Assim, se as pontas do seu cabelo tendem a quebrar, apenas aparar pode salvá-las.

3. É verdade que é melhor não pintar o cabelo durante a gravidez?

As futuras mães recusam todos os procedimentos químicos possíveis a serem realizados em seus cabelos, incluindo coloração. É porque a maioria das pessoas compartilha uma profunda convicção de que os componentes das tinturas podem de alguma forma afetar o feto. Nada poderia estar mais longe da verdade!

As pesquisas sobre a absorção de pigmentos e corantes destroem o mito generalizado sobre a coloração do cabelo ser perigosa ou prejudicial. Antes de visitar um cabeleireiro, você deve consultar seu médico para perguntar com curiosidade sobre a questão da queda de cabelo durante a gravidez. Outra ideia para todas as futuras mamães é tingir os cabelos com corantes naturais como a hena, por exemplo.

4. Cloro usado para desinfetar piscinas deixará meu cabelo... verde?

É surpreendente, mas isso é realmente verdade. Você não precisa ser Anne Shirley para ter cabelo verde. Se você frequenta a piscina com e tem cabelos loiros (do muito claro ao médio), provavelmente já deve ter notado que a água dá um tom diferente ao seu cabelo. A causa é a seguinte: antes de colocar a culpa no cloro, saiba que não é esse elemento o responsável por mudar a cor do seu cabelo, mas sim os óxidos metálicos que uma solução utilizava para a limpeza de piscinas. Basta pensar na Estátua da Liberdade que sofre uma oxigenação gradual e ano após ano torna-se cada vez mais verde, em vez de permanecer marrom.

Os metais ficam no cabelo e se acumulam entre as cutículas - isso é facilmente perceptível em fios claros. Felizmente, esse processo é reversível. O que deve ser feito é procurar um shampoo de limpeza que remova os metais que estão entre as cutículas do cabelo.

5. Posso pegar emprestado o condicionador da minha melhor amiga e ter certeza de que ele me servirá da mesma forma?

Você nunca pode ter certeza disso porque cada cabelo é único. Cada um de nós tem outro 'código de cabelo' que é único, assim como a impressão digital. Portanto, mesmo no caso do mesmo tipo de cabelo (por exemplo, fino, tingido, seco etc.), o mesmo condicionador pode produzir efeitos diferentes em pessoas aparentemente semelhantes.

O critério mais confiável para definir o tipo e a condição do cabelo é a porosidade. O grau em que as cutículas de queratina são levantadas revela muito sobre como um determinado cosmético vai afetar o cabelo e quais são as necessidades. Consciente do nível de porosidade, fica fácil deixar os cabelos nutridos, fortes e com brilho. Mas, como mencionado, não existem dois tipos de cabelo idênticos, portanto, mesmo com a melhor combinação de produtos, como o óleo natural, pode funcionar mais rapidamente em seu cabelo do que em outro.

6. O sol pode danificar o cabelo?

Provavelmente você já notou que depois de passar um tempo na praia seu cabelo muda de tom. Para esclarecer, o cabelo tem tendência a ficar mais claro quando exposto ao sol. Na maioria dos casos, são apenas fios individuais que ficam mais claros, mas às vezes acontece que todo o cabelo mude de cor visivelmente. Este clareador natural é o sol e, para ser mais preciso, a radiação ultravioleta que, infelizmente, destrói o pigmento do cabelo e priva a camada externa do cabelo de proteínas e umectantes.

O sol danifica consideravelmente o cabelo - leva à desidratação, causa fragilidade e perturba a estrutura. Como proteger o cabelo desse tipo de dano?

Quando você planeja passar muitas horas ao sol, pegue um chapéu que proteja o couro cabeludo e as raízes do cabelo. Aplique produtos capilares com proteção UV, que os óleos naturais oferecem. Durante o verão, continue expondo o cabelo ao tratamento com óleo e aplique óleos nos fios algumas vezes ao dia. Eles não só protegerão seu cabelo contra o sol, mas também contra a água salgada. Os condicionadores em spray são outra boa ideia para usar, especialmente aqueles que não precisam ser removidos e de fácil aplicação. Entre eles certamente você encontrará condicionadores bifásicos compostos de silício e fase oleosa.

7. Os comprimidos para o cabelo funcionam?

Sem dúvida, o cabelo requer nutrição constante. Para funcionar corretamente, todo o nosso corpo precisa do fornecimento contínuo de ácidos graxos essenciais, vitaminas e minerais. Quando se trata de cabelo, ele gosta da biotina, também conhecida como vitamina B7, além de aminoácidos (alanina, cisteína, lisina, ácido glutâmico, metionina, arginina). Para desfrutar de um cabelo saudável e forte, é aconselhável cuidar por dentro e por fora. Portanto, as pílulas para o cabelo fazem sentido, mas devem ser complementadas com produtos capilares especiais que irão reforçar e proteger o cabelo do lado de fora. Só assim você pode fornecer cuidados profissionais e eficazes aos cabelos.

8. Dieta e cabelo. Como o vegetarianismo e o veganismo afetam o estado e a aparência do cabelo?

Seguir uma dieta bem equilibrada é o núcleo do organismo saudável. No caso dos veganos e vegetarianos, o problema da deterioração do cabelo é frequentemente notado. Mesmo o crescimento do cabelo é consideravelmente retardado, embora esse grupo de pessoas forneça vitaminas e minerais ao corpo consumindo vegetais e frutas, as pessoas que seguem uma dieta vegana e vegetariana são frequentemente afetadas pela escassez de colágeno (o peixe é uma das fontes mais valiosas dessa proteína). Para compensar essa perda, recomenda-se suplementar o silício - ele é responsável por criar novas ligações de queratina e é conhecido por devolver o bom aspecto aos cabelos. Outra alternativa ao colágeno é o extrato ayurvédico de Boswellia.

9. Quais são as diferenças entre os produtos femininos e masculinos?

Os cosméticos masculinos visam atender diferentes necessidades e, inclusive no olfato, possuem composições completamente diferentes que atendem às necessidades do corpo masculino. Deve-se perceber que a pele de homens e mulheres é diferente. Duas características principais a serem mencionadas são que a pele masculina é mais espessa e envelhece mais lentamente. Além disso, os produtos masculinos são multifuncionais e simples de usar. E isso também se aplica aos produtos para o cabelo. O cabelo masculino é frequentemente mais grosso e rígido, muitas vezes pouco poroso. Recentemente, crescer barba tornou-se uma tendência. Sem dúvida, os cuidados estão estritamente ligados à aplicação de óleos especiais. Um dos melhores é o Nanoil para cabelo com porosidade baixa. Ele cuida do cabelo e da pele de onde nascem a barba e o bigode. Por que o foco na barba é tão importante? Não se trata apenas de aspectos visuais e estéticos. Acontece que os homens são altamente afetados por inflamação folicular e queratose folicular. Além disso, devido à influência androgênica, homens são propensos à alopecia androgenética, bem como às doenças seborreicas. Portanto, os cavalheiros devem buscar cosméticos que atendam às suas necessidades relacionadas aos cuidados masculinos.

10. O cabelo acostuma com shampoo e condicionador? Com que frequência devo trocar os produtos?

Deve ficar claro que, se um determinado shampoo ou condicionador atende às suas necessidades, não há necessidade de substituí-lo. É um mito que o cabelo se acostuma com um cosmético e deixa de tratar os fios como antes. A razão exata pela qual o cabelo deixa de reagir a um cosmético deve-se à mudança das estações, condições climáticas, hormônios, aos suplementos e aos alimentos que consumimos. Como consequência, o cabelo pode precisar de outro conjunto de substâncias.

Acontece também que o cabelo requer uma limpeza precisa do couro cabeludo ou uma nutrição mais forte. Nesses casos, é melhor verificar se os componentes do seu shampoo atendem às necessidades do cabelo. O cuidado deve satisfazer o que o cabelo deseja. Às vezes, apenas uma pequena mudança pode resultar em melhorias significativas. Por exemplo, adicionar algumas gotas de um óleo natural a um condicionador pode ser suficiente para enriquecer sua rotina diária com substâncias adicionais.

Resumindo, se você perceber que um shampoo não está te atendendo bem, pense um pouco e foque nas necessidades do seu cabelo e em sua condição atual. Em seguida, personalize os produtos de acordo com as suas necessidades.

Se você usa muitos produtos para modelar o cabelo, opte por um shampoo de limpeza. No inverno, vale a pena buscar um shampoo hidratante e um condicionador que reabasteça o cabelo com água. Se você pinta o cabelo com frequência, lembre-se de tratar os fios com uma bomba de vitaminas em forma de máscara capilar nutritiva.

Sinta-se à vontade para compartilhar sua opinião sobre o artigo conosco.


Comentários: #0


Adicione seu comentário. Ele será publicado após ser aprovado por um moderador.
Óleo de Mamona
Óleo de Argan
Óleo de Jojoba
Spray de proteção térmica
Sérum facial de retinol
Política de Privacidade

Nosso site usa cookies, além de cookies de terceiros para usar ferramentas externas. No caso de o usuário não concordar, apensas os cookies essenciais serão usados. Você pode mudar as configurações em seu navegador a qualquer momento. Você concorda no uso de cookies?

Política de Privacidade