Atreva-se a descobrir as 8 cores de cabelo mais quentes!

Atreva-se a descobrir as 8 cores de cabelo mais quentes!

Estilizar o cabelo não se resume apenas a fazer tranças e coques. É brincar com cores, que vão desde as sutis até as mais vibrantes. A coloração capilar segue certas regras, mas há tanta diversidade nas tendências de cores que todos encontrarão algo adequado para si, com efeitos mais ou menos intensos.

Pense. Você sabe tudo sobre coloração capilar? Conhece as últimas tendências? Sabe as diferenças entre sombré, ombré e bronde? Se não, continue lendo. Você encontrará informações sobre os tipos mais populares de coloração e verificará se acredita em mitos sobre a coloração capilar.

Coloração capilar - definição

O que é coloração capilar? Uma pergunta simples e a resposta também é direta. A coloração capilar envolve a mudança da cor do cabelo (natural ou previamente alterada) usando produtos químicos. Podemos escolher o tom desejado, mas uma tinta capilar só pode mudar a cor em algumas tonalidades. É por isso que clarear o cabelo, por exemplo, do castanho escuro para loiro, requer um método completamente diferente conhecido como descoloração.

Existem três tipos de coloração capilar:

  • Coloração permanente - proporciona efeitos de longa duração porque um pigmento penetra na estrutura mais profunda do cabelo, assim como uma tinta de tatuagem penetra na pele. É por isso que a cor escolhida permanece no cabelo até que os fios cresçam novamente ou passem por outro tratamento de coloração.
  • Coloração semi permanente - a durabilidade varia de acordo com o método, produtos e a cor natural do cabelo. A cor pode durar até 24 lavagens. O pigmento não penetra no cabelo, apenas fica na superfície e é removido após várias lavagens com xampu.
  • Coloração temporária - é menos intensa do que a coloração semi permanente. A cor dura de 2 a 8 lavagens devido ao uso de tintas laváveis: o pigmento dissolve em água e não penetra no cabelo. É facilmente removido.

Verdadeiro ou falso? Coloração capilar sem segredos

Atenção! Vamos desvendar mitos sobre coloração! Eles ainda são repetidos por muitas mulheres e aparecem em todos os grupos de discussão e blogs de cuidados com o cabelo. Surpreendentemente, eles não têm embasamento científico. São teorias falsas que afirmam que a coloração capilar é prejudicial e causa queda de cabelo. Você também acreditava nelas?

A coloração capilar não enfraquece os bulbos capilares nem acelera a queda ou o afinamento do cabelo!

A queda de cabelo causada pela coloração é um mito comum. Não há conexão entre a coloração capilar e a queda de cabelo. Escolher um produto inadequado e muito forte pode irritar o couro cabeludo sensível, mas não afeta os bulbos capilares firmemente enraizados. A coloração capilar influencia apenas a parte visível do cabelo - a fibra capilar. É indiferente aos bulbos capilares e folículos.

É possível colorir cabelos danificados!

Você pode ouvir opiniões de que é impossível tingir cabelos danificados. Tudo é possível, mas envolve alguns riscos. Cabelos ultraprocessados absorvem muito mais pigmento, então o efeito será duradouro e intenso. Infelizmente, cabelos danificados são frágeis e não têm proteção contra a ação de produtos químicos. Se você optar por colorir cabelos danificados, deve usar um produto delicado - menos duradouro, mas mais seguro.

A coloração regular não altera a cor natural do seu cabelo!

A coloração danifica a cor natural do cabelo? Ao contrário do que muitos pensam, não danifica. Embora o pigmento penetre na fibra capilar e dê uma nova cor, a quantidade de pigmento natural permanece a mesma no cabelo em crescimento. A cor natural das raízes pode parecer menos intensa e opaca em comparação com a cor tingida do restante do cabelo.

Você deve evitar lavar o cabelo imediatamente antes e até um dia após a coloração!

Ao lavar o cabelo, você remove os óleos naturais que protegem o couro cabeludo de fatores prejudiciais. É melhor lavar o cabelo à noite antes da coloração, para que a barreira lipídica tenha tempo de se reconstruir e fornecer uma melhor proteção durante o tratamento. Após a coloração, você pode lavar o cabelo normalmente um dia depois com um xampu comum; os detergentes presentes nos xampus podem enfraquecer os efeitos do tratamento, lavar o pigmento fresco e fazer com que a cor desbote mais rapidamente.

ÚLTIMAS TENDÊNCIAS DE COLORAÇÃO CAPILAR

Ombré, balayage ou talvez splashlight? Hoje em dia, as habilidades dos cabeleireiros vão além da nossa imaginação quando se trata de visuais capilares. Colorir o cabelo não se resume apenas a aplicar um produto de uma cor. Passamos de destaques contrastantes ou ombré gradual para sombré, bronde, etc. O que os torna diferentes? Aqui está uma lista das tendências mais populares.

  • Ombré inclui clarear as pontas do cabelo. A cor varia de mais escura nas raízes a mais clara nas pontas. O ombré nos permite combinar tons de castanho e preto com loiro, vermelho, tons de caramelo ou cinza.
  • Sombré (ombré suave) é uma versão mais sutil do ombré. Ainda mistura pontas claras com raízes escuras, mas o efeito é mais natural porque algumas mechas são coloridas a partir das raízes. A transição das cores não é tão marcante.
  • Bronde é uma versão menos popular do sombré em que as cores são invertidas. O método consiste em uma combinação natural de cabelos claros e loiros com pontas escuras ou mechas castanhas. O efeito? Cabelos com aparência de beijados pelo sol.
  • Blorange é outra versão do sombré natural. Semelhante ao bronde, cria looks tridimensionais. No entanto, nessa versão, o cabelo ganha reflexos rosados e pêssego. É definitivamente um penteado feminino com tons pastel.
  • Splashlight está se tornando cada vez mais popular. Dá uma aparência de estrela de cinema. A coloração se concentra em clarear e iluminar a parte central do cabelo; as raízes e as pontas permanecem na mesma tonalidade escura. A transição das cores deve ser delicada.
  • Dip dye hair atrai mulheres ousadas que não têm medo de experimentar cores no cabelo. O método consiste em colorir as pontas do cabelo com cores intensas e contrastantes, geralmente rosa, amarelo, azul, violeta, verde e até vermelho.
  • Baleyage é um método conhecido que foi esquecido devido a muitos contrastes de cores fortes que não deram certo. No entanto, quando o balayage é bem feito - incluindo a aplicação de algumas tonalidades diferentes e bem combinadas - o efeito é incrível.
  • Flamboyage é uma versão mais sutil do balayage padrão. Oferece um efeito muito natural de "bronzeado" de verão no cabelo. Qual é o segredo? A aplicação de algumas tonalidades semelhantes resulta em cabelos cintilantes com tons diferentes.

Coloração capilar e óleos

Como usar óleos na coloração capilar? É possível, mas essas inovações geram muitas controvérsias. Curiosamente, os óleos podem tornar a cor mais duradoura ou menos duradoura. Usar a técnica correta é a chave para obter o resultado desejado. O óleo para coloração deve ser escolhido adequadamente e ter certas propriedades (ele deve hidratar, regenerar, fortalecer e proteger). Existem óleos que devem ser evitados durante o tratamento, mas você também pode encontrar aqueles que valem a pena escolher.

  • Recomendados para coloração capilar: óleo de abacate, óleo de jojoba, óleo de semente de uva, óleo de amêndoa doce.
  • Óleos a serem evitados durante a coloração: óleo de coco, manteiga de karité, óleo de palma, manteiga de cacau.

Como usar os óleos durante a coloração capilar da maneira correta? Adicionar algumas gotas do óleo favorito ao corante capilar é o método mais popular. O óleo enriquece o corante com nutrientes valiosos e fornece equilíbrio lipídico ao cabelo e ao couro cabeludo. O mercado cosmético oferece corantes capilares prontos com óleos adicionados (geralmente com óleo de argan). Outra ideia é aplicar um óleo uma hora antes da coloração, mas em pequenas quantidades para evitar oleosidade e sobrecarga. Deixe o óleo agir, pois ele protege o couro cabeludo dos produtos químicos presentes no corante. Colorir o cabelo com óleos evita o ressecamento dos fios e o couro cabeludo irritado. Se você usar o óleo de maneira adequada, ele intensificará a cor desejada.

Você deve fazer outra aplicação de óleo no cabelo mais ou menos uma semana após o tratamento para realçar a cor.

Sinta-se à vontade para compartilhar sua opinião sobre o artigo conosco.


Comentários: #0


Adicione seu comentário. Ele será publicado após ser aprovado por um moderador.
Óleo de Mamona
Óleo de Argan
Spray de proteção térmica
Óleo de Jojoba
Sérum facial com vitamina C
Política de Privacidade

Nosso site usa cookies, além de cookies de terceiros para usar ferramentas externas. No caso de o usuário não concordar, apensas os cookies essenciais serão usados. Você pode mudar as configurações em seu navegador a qualquer momento. Você concorda no uso de cookies?

Política de Privacidade