Extensões De Cabelo: 10 Regras Para O Cuidado Adequado De Extensões De Cabelo

Extensões De Cabelo: 10 Regras Para O Cuidado Adequado De Extensões De Cabelo

Você acabou de colocar extensões de cabelo, então agora quer saber como cuidar delas adequadamente. Afinal, você deseja evitar danos, ajudá-las a permanecer deslumbrantes e, o mais importante, fazê-las parecer saudáveis e fortes, certo?

Certamente, você gastou uma quantia considerável nesse método que melhora a aparência do cabelo, então deseja aproveitar seu novo penteado lindo por um longo tempo. Por essa razão, seria imprudente arruinar sua boa aparência ao adotar uma abordagem não profissional para o cuidado das extensões de cabelo.

Indiscutivelmente, a vida útil dos resultados depende tanto do método aplicado para fixar as extensões de cabelo quanto da condição do cabelo natural. Ainda assim, existem algumas dicas de cuidados que melhoram consideravelmente o estado e a aparência das extensões de cabelo. Aqui está um guia breve para ajudá-lo a manter suas extensões de cabelo em perfeitas condições.

Cuidado com Extensões de Cabelo: Guia

1. Desembaraçar Preciso e Adequado

Obviamente, cada tipo de cabelo requer escovação e não há nada extraordinário nisso. O problema começa quando você usa um pente de dentes finos ou uma escova que puxa o cabelo em vez de desembaraçá-lo.

Portanto, para desembaraçar o cabelo estendido, é melhor usar uma escova ou pente especial projetado para essa tarefa. Tais acessórios são definitivamente mais gentis e, acima de tudo, são completamente seguros para passar pelas extensões de cabelo. Lembre-se de desembaraçar o cabelo antes de cada lavagem. Como pentear o cabelo?

Em resumo, comece desembaraçando as pontas do cabelo. Para esclarecer, tente pentear primeiro as pontas do cabelo e depois mova gradualmente a escova/pente para cima. Graças a essa técnica, o cabelo não embaraçará. Também é crucial não puxar nós de cabelo. Portanto, se acontecer de você ficar preso em um nó, remova a escova do cabelo e separe a mecha com nó das outras. Agora, use os dedos para desatar delicadamente o nó. Quando o emaranhado estiver mais solto, você pode passar o pente por ele. Novamente, seja gentil!

2. Coque Frouxo para Dormir

Todo o comprimento do cabelo estendido deve ser protegido contra todos os possíveis danos mecânicos. Infelizmente, a condição das extensões de cabelo se deteriora principalmente... enquanto dormimos. A razão para isso é o atrito constante contra a fronha do travesseiro. Muitas vezes, simplesmente inconscientemente puxamos o cabelo enquanto deitamos nele. Portanto, o melhor e mais conveniente método para lidar com danos mecânicos é prender o cabelo em um coque frouxo ou trança. Com isso, o risco de danos ao cabelo é significativamente reduzido.

3. Seque-o com uma Toalha de Forma Muito Delicada

Já mencionamos que todo dano mecânico é um crime contra o cabelo, pois, quando tratado de forma brusca, as junções das extensões de cabelo se desmontam, quebram ou afrouxam. Não importa como as extensões foram presas ao cabelo - presilhas, adesivos ou fita - cada atrito brusco quebra ou afrouxa as junções entre o cabelo natural e as extensões.

Um tipo de dano mecânico ao qual as extensões podem estar expostas é causado por secá-las com uma toalha imediatamente após a lavagem, quando ainda estão úmidas e mais propensas a danos. Para demonstrar, uma toalha raspa os fios das extensões enfraquecendo-os consideravelmente. Nesse sentido, seria definitivamente melhor se você remover suavemente o excesso de água espremendo delicadamente o cabelo com uma toalha em vez de esfregar as mechas com este tecido áspero. O efeito será exatamente o mesmo, pois você deixará seu cabelo mais seco sem expô-lo a danos mecânicos.

4. Condicione as Extensões de Cabelo com os Produtos Certos de Cuidado

Novamente, é preciso perceber que o cabelo estendido é mais propenso a danos, especialmente nas junções. No entanto, no caso de cabelos finos e delicados, ele pode enfraquecer na base, que é o local onde se supõe que o cabelo novo, forte e saudável cresça. Lembre-se de não aplicar condicionador nas junções, apenas nas áreas onde as extensões podem se deteriorar, que são principalmente as pontas e os fios do cabelo.

Outro aspecto importante em relação ao cuidado com extensões de cabelo é a hidratação adequada. A verdade é que as extensões de cabelo perdem água mais rapidamente do que o cabelo natural produzido por nossos bulbos capilares. Portanto, lembre-se de aplicar o condicionador adequado após cada lavagem. A melhor maneira de tratar as extensões de cabelo é submetê-las a cuidados para cabelos sensibilizados (nível 4-5).

5. Aplique Óleos Naturais e Faça Tratamento com Óleo de Cabelo

Proteger o cabelo contra danos mecânicos não é suficiente se você quiser tratar todo o seu comprimento corretamente. Outro elemento crucial no cuidado com o cabelo é a proteção contra a ação adversa de agressores externos, como temperaturas altas e baixas, radiação solar, estresse oxidativo, toxinas e poluição urbana. Afinal, o cabelo não absorve apenas substâncias nutritivas, mas também impurezas. Devido a esses fatores, a condição do cabelo e do couro cabeludo piora. Vale a pena perceber que, quando o cabelo está carregado de forma não natural, com o tempo, ele pode enfraquecer em sua parte mais importante, que é o bulbo capilar.

Aplicar óleos no cabelo e realizar regularmente tratamentos com óleo de cabelo é vantajoso para o cabelo. E isso deve ser feito não apenas após a lavagem, mas também algumas vezes ao longo do dia. Graças a isso, você protegerá o cabelo em suas partes mais frágeis, que são as junções, juntamente com as pontas do cabelo. Além disso, a oleação do cabelo reforça os bulbos capilares e limpa o couro cabeludo, restaurando o nível de pH correto da pele. Esse tratamento também ajuda a proteger o couro cabeludo contra outros problemas desagradáveis, como caspa, produção excessiva de sebo e desidratação. Por fim, os óleos naturais oferecem uma alternativa perfeita aos produtos de cuidado capilar que contêm álcool, que são excepcionalmente incompatíveis para uso no caso de extensões de cabelo.

6. Seque o Cabelo da Maneira Certa

Esse tipo de cabelo precisa ser deixado levemente úmido, o que significa que você não deve usar um secador de cabelo para deixá-lo completamente seco. Para esclarecer, mantenha o cabelo secando com o secador até que esteja 80% seco e, em seguida, permita que ele seque naturalmente. Além disso, as extensões de cabelo devem ser tratadas com um fluxo de ar frio ou morno, pois a alta temperatura faz com que as junções afrouxem.

Por esse motivo, faça o possível para evitar o ar quente gerado pelo seu secador de cabelo e certifique-se de que, ao usar a ferramenta, você a mantenha a mais ou menos 7-10 polegadas da cabeça. Sempre termine de secar com um fluxo de ar frio, que fecha as cutículas do cabelo, alisa o cabelo e o deixa brilhante. Além disso, o cabelo tratado com um fluxo de ar frio é mais fácil de manejar.

Para secar o cabelo, use apenas um secador de cabelo iônico. Comece o procedimento a partir das raízes e, em seguida, mova-se gradualmente para baixo até atingir as pontas do cabelo - essa técnica também ajuda a fechar as cutículas do cabelo e a alisar os fios. Enquanto seca o cabelo, tente usar os dedos para passá-los pelo cabelo. Você pode pentear as mechas quando estiverem completamente secas.

7. Não Desfaça o Cabelo com um Pente Fino

Desfazer o cabelo com um pente fino é um ponto negativo na lista de procedimentos que danificam esse tipo de fios de maneira acelerada.

Desfazer o cabelo é o extremo, deixa o cabelo extremamente emaranhado, o que depois precisa ser desembaraçado, o que muitas vezes está relacionado com puxões fortes. Como consequência, as extensões de cabelo podem ficar frouxas e suas junções podem se desmontar. Com isso em mente, fica claro que você deve se abster de desfazer as extensões de cabelo com um pente fino.

8. Alise, Dê Brilho e Condicione Suas Extensões de Cabelo

Como esse tipo de cabelo perde a umidade mais rapidamente, sua aparência pode piorar em apenas algumas semanas. Portanto, para presentear o cabelo com brilho e evitar emaranhados, trate as mechas com óleos naturais. Abstenha-se de produtos de drogaria cheios de silicones sintéticos e álcoois. O cabelo coberto de óleo natural ganha uma aparência bonita e proteção adequada contra danos.

9. Lave Suas Extensões de Cabelo Adequadamente

Antes de tudo, escove o cabelo com precisão e delicadeza para evitar emaranhados durante a lavagem. É melhor lavar o cabelo durante o banho para que o fluxo de água corra pelo cabelo. Outra coisa importante a mencionar é a força do fluxo de água, que não deve ser muito alta, já que as mechas molhadas são mais fáceis de danificar (no caso das extensões de cabelo, desmontar). Use sempre água morna para lavar o cabelo. Simplesmente, essa temperatura é neutra para as extensões, portanto, não as prejudica de forma alguma. Por último, mas não menos importante, evite usar movimentos circulares para lavar o cabelo. Em vez disso, tente mover as mãos para cima e para baixo.

10. Não Aqueça as Junções

Não importa se você usa uma chapinha ou um modelador de cachos, não coloque as ferramentas de estilização de cabelo nas raízes do cabelo, onde estão localizadas as junções das extensões de cabelo. Além disso, lembre-se de aplicar produtos especiais de proteção térmica. Por fim, é melhor não usar ferramentas de estilização quentes com muita frequência. Quanto menos forem usadas, mais tempo as extensões de cabelo preservarão sua boa condição.

Sinta-se à vontade para compartilhar sua opinião sobre o artigo conosco.


Comentários: #0


Adicione seu comentário. Ele será publicado após ser aprovado por um moderador.
Óleo de Mamona
Óleo de Argan
Óleo de Jojoba
Spray de proteção térmica
Sérum facial de retinol
Política de Privacidade

Nosso site usa cookies, além de cookies de terceiros para usar ferramentas externas. No caso de o usuário não concordar, apensas os cookies essenciais serão usados. Você pode mudar as configurações em seu navegador a qualquer momento. Você concorda no uso de cookies?

Política de Privacidade