Análise Elementar Capilar - O Que Você Pode Aprender Com Cabelos?

Análise Elementar Capilar - O Que Você Pode Aprender Com Cabelos?

Você sabia que é possível determinar se você está saudável apenas analisando seu cabelo? Graças ao avanço da tecnologia, a análise elementar do cabelo é um jeito fácil de diagnosticar a deficiência mineral do corpo. O cabelo esconde toda a informação que pode facilitar a medicina preventiva e o tratamento. Descubra o que mais você pode descobrir com seu cabelo. 

Nós sabemos a importância de manter o nível correto de água e nutrientes no corpo. Nossa saúde depende desse equilíbrio e agora, graças à análise de nutrientes, nós podemos introduzir uma prevenção efetiva e evitar muitos problemas. Não só os relacionados ao cabelo, mas relacionados a todo o organismo. O cabelo é realmente uma fonte valiosa de informação.

O que é a análise elementar capilar?

Análise elementar capilar é um teste capilar baseado em - como o nome sugere - analisar o conteúdo de vários elementos no cabelo. Geralmente, o nível de 24 elementos essenciais para a saúde e 5 elementos que são tóxicos e que devem aparecer em uma quantidade mínima são verificados dessa forma. Alguns deles são minerais necessários para o crescimento apropriado e para manter a beleza dos fios.

Os elementos analisados durante o teste incluem: cálcio, sódio, potássio, fósforo, zinco, magnésio, ferro, cobre, molibdênio, cobalto, cromo, lítio, estrôncio, níquel, manganês, selênio, vanádio, boro, bário, enxofre, prata, silício, iodo, estanho, bem como arsênico, mercúrio, alumínio, cádmio, chumbo, ou seja, elementos tóxicos.

Informação gravada no cabelo

Esse é o melhor método para acessar o estado do metabolismo mineral no cabelo, que não só afeta sua aparência, mas também sua saúde. A análise elementar do cabelo dá a oportunidade de determinar que tipo de metabolismo nós temos entre os tantos existentes. Em outras palavras, ela informa sobre questões como:

  • taxa metabólica,
  • tendências do organismo para doenças,
  • a taxa de digestão dos alimentos,
  • ritmo de envelhecimento.

O cabelo carrega a informação sobre o estado nutricional do seu corpo, não somente no momento mas também dos meses mais recentes. O cabelo cresce cerca de 1 cm por mês, e os bioelementos estarão na estrutura do cabelo permanentemente durante seu crescimento. Ao examinar um fio longo, você pode analisar o período de até 1 ano - analisar quais eram os níveis dos elementos naquela época e comparar com os níveis atuais e assim prever quais problemas podem ocorrer no futuro. Dessa forma, é mais fácil escolher o tratamento capilar apropriado, fazer uso da medicina preventiva e do tratamento de várias doenças.

Por que análise capilar?

Não podemos saber tudo por um exame de sangue?

Vale lembrar que a concentração de elementos em nosso sangue (ou urina) é 50% mais baixa que no cabelo. Nosso cabelo, unhas e pele são os destinos para onde os elementos são direcionados, o sangue é apenas o meio de locomoção. A presença de elementos no cabelo é sempre a mesma enquanto no sangue se altera de acordo com vários fatores como período do dia, dieta e até mesmo estado emocional. A análise elementar capilar permite acessar a quantidade de nutrientes de forma precisa (até mesmo vestígios, que são mais difíceis de detectar em outros exames) nos últimos meses, não somente no momento do teste. O resultado não será influenciado por mudanças temporárias que possam ocorrer.

Análise capilar - indicação

Quem pode se beneficiar das informações fornecidas pela análise elementar capilar? Primeiro, pode ser uma ótima solução para quem tem dificuldade em manter uma boa saúde mental e física. Também é o caso de pessoas obesas, expostas a estresse excessivo ou que tem um alto esforço físico (atletas, trabalhadores braçais). Ao examinar a cocentração de elementos no cabelo, é fácil determinar a condição do nosso corpo. Os resultados podem ajudar a escolher o tratamento ideal para vários problemas, como:

  • fadiga crônica,
  • baiza imunidade,
  • problemas gastrointestinais,
  • doenças osteoarticulares,
  • queda de cabelo excessiva,
  • doenças na pele como a acne,
  • mal estar geral.

Análise elementar capilar - descrição do exame 

Como funciona a análise elementar capilar? Esse tipo de análise requer equipamento apropriado (o espectrômetro), logo deve ser realizado num laboratório profissional. No entanto, podemos enviar uma amostra de cabelo para avaliação sem termos que ir até o local ou ser examinados pessoalmente. O teste não é invasivo - a análise elementar capilar não dói, já que é feita a análise apenas dos fios de cabelos coletados do paciente.

O preço da análise capilar é, portanto, mais alto que o de um exame de sangue comum. O valor é parecido com o de um tratamento profissional capilar como o alisamento com queratina ou a laminação capilar. Depende de você decidir se vale a pena ou não.

O cabelo ideal para a amostra

Qual a quantidade de cabelo necessária para o teste? Cerca de 300 a 400 mg, o que corresponde mais ou menos a uma colher de sopa. Como regra, o cabelo deve ser retirado da parte de trás da cabeça, de diferentees pontos. Apenas os primeiros 3 ou 4 centímetros de cabelo (começando da raiz) são analisados. Isso é muito importante! Mandar apenas amostras das pontas do cabelo é inútil, já que elas são a parte mais danificada e sem nutrientes do fio, além de absorverem mais poluição. A segunda condição é o quão natural o cabelo é: as mechas não podem ter passado por tintura ou alisamento quimico (se você realizou esses tratamentos, deve esperar de 6 a 8 semanas), e devem ser bem lavadas antes para retirar o excesso de cosméticos - só assim a análise capilar dará resultados precisos.

A verdade sobre a análise capilar. É um teste confiável?

Ainda que a análise elementar capilar seja amplamente comentada e dita controversa, ela foi considerada pel a Organização Mundial da Saúde (OMS) como confiável. Foi verificado que o teste consegue medir com exatidão os vestígios dos elementos, porque a quantidade é muito maior no cabelo que no sangue, além de não ser variável.

Infelizmente, os médicos ainda olham para esse tipo de análise de forma negativa - de fato, a condição do nosso cabelo e corpo depende não só do número de elementos mas de muitos outros fatores. Por outro lado, os pesquisadores enfatizam que não se deve subestimar as vantagens da análise elementar. Lembre-se que ela determina o excesso ou falta de elementos, o que é um jeito fácil de descobrir se esses números estão associados com alguma doença.

Sinta-se à vontade para compartilhar sua opinião sobre o artigo conosco.


Comentários: #0


Adicione seu comentário. Ele será publicado após ser aprovado por um moderador.
Óleo de Mamona
Spray de proteção térmica
Óleo de Jojoba
Óleo de Argan
Sérum facial com vitamina C
Política de Privacidade

Nosso site usa cookies, além de cookies de terceiros para usar ferramentas externas. No caso de o usuário não concordar, apensas os cookies essenciais serão usados. Você pode mudar as configurações em seu navegador a qualquer momento. Você concorda no uso de cookies?

Política de Privacidade